O que você deveria saber sobre a faculdade de jornalismo

faculdadedejornalismo
Na imagem superior à direita, estão as disciplinas que cursei no primeiro semestre (saudades dessa época). Logo abaixo, eu e a minha amiga, Mayara, nos retratamos em um momento de colapso nervoso alguns minutos antes de uma prova final hahaha

Uma leitora, na preparação para o vestibular, pediu para que eu fizesse um post sobre a faculdade de jornalismo. Como são as aulas? O que você vai aprender? Como é a rotina?

Bom, como só curso jornalismo em uma faculdade há, aproximadamente, um ano e meio, só posso responder me baseando na minha experiência, mas espero que ajude e tire algumas dúvidas que as pessoas tenham a respeito dessa carreira (que, agora, exige diploma iuhul).

Como sei que jornalismo é a carreira certa? Essa pergunta é complicada, porque a resposta é bem variável. Mas quem pretende fazer faculdade de jornalismo tem que ter forte interesse em estudar sociologia, história e gostar de ter muitas aulas práticas e ler textos gigantes. Além disso, não pode ter muita preguiça – já que praticamente toda semana é necessário trazer uma pauta, desenvolver matéria e entregar tudo completinho.

Como são as aulas?  As aulas se dividem entre teoria e prática. Na teoria, aprendemos muito sobre Durkheim, Weber, Karl Marx e outros estudiosos da área de comuicação como Nelson Traquina, Tonnies, Park… e por aí vai.

Política é um assunto muito frequente nas aulas, assim como direitos humanos e a ética jornalística (famoso dilema: se alguém estiver correndo perigo na sua frente, você tira a foto do evento ou salva a pessoa?). Se preparem para ler alguns textos bem extensos e difíceis de entender rs, mas não se assustem… cada vez que você lê mais, a compreensão de textos se torna mais fácil.

Na prática, o trabalho é bem puxado. Se preparem para ter que sair pela rua tirando milhões de fotografias, perder a vergonha de pedir entrevista para passantes na rua e se preparem para algumas frustrações no meio do caminho, principalmente quando a pauta cai (significa que a matéria que você pretendia fazer, por algum motivo, não poderá ser desenvolvida). Mas não é tudo tão terrível assim, só queria causar um impacto hahaha Não tem nada melhor do que ver sua matéria publicada em um jornal ou revelar a sua própria fotografia e ver o quão linda ficou. No final tudo vale a pena.

Três programinhas amigos de todos os estudantes de jornalismo são: o Adobe  InDesign (programa de diagramação – que vai te auxiliar na montagem do layout de revistas, folhetos e jornais), Adobe Photoshop (edição de fotos) e Final Cut (edição de vídeos).

E os trabalhos? Seminários, relatórios, reportagens completas, documentários, série de fotografias, montagem de revistas e análises de notícias são frequentes na vida de um estudante de jornalismo.

Outras dicas: se você realmente quer ser jornalista e gosta de fotografia, é aconselhável ter a sua própria câmera semi ou profissional. Desde o primeiro semestre você terá que desenvolver trabalhos que precisam de fotos de qualidade, pois muitas deverão ser impressas em jornais. Uma câmera boa sempre disponível faz toda a diferença, já que a maioria das universidades não disponibilizam o material para ser usado fora do campus. Caso não possa investir em uma câmera tão cara, compre uma compacta – alguns professores podem não gostar da ideia (ou exigir o uso de uma profissional), mas o que torna uma foto boa é o próprio fotógrafo, não a câmera.

Como jornalista, eu garanto pra vocês: ser informado é essencial. Nunca dispensem as notícias do dia. Para facilitar, coloque um portal como homepage. Além disso, busque se informar através de vários veículos. Tente ler a Veja, Carta Capital, Estadão, Folha, Época, Caros Amigos, Le Monde e New York Times, ouvir diferentes rádios e assistir diferentes telejornais. Depois de um tempo, a diferença de como a notícia é dada por cada veículo ficará mais e mais evidente, e isso vai te tornar um leitor/telespectador/ouvinte extremamente chato rs.

O que eu mais gosto no meu curso? Foi na universidade que consegui desenvolver um senso crítico para vários temas, principalmente na política.

Desde pequena sabia que queria ser jornalista – clichê, mas é verdade hehe E acertei muito no curso. Espero que escolham a carreira certa para vocês, e se não escolherem, tranquem a matrícula e tentem outro curso. Pressa nenhuma é necessária.

Aos futuros jornalistas, bem-vindos ao grupo hahahaha Qualquer dúvida, podem falar comigo.

Anúncios

4 comentários Adicione o seu

  1. Ana disse:

    Ah muuuuuuuuuuuito obrigada! Você não sabe como fiquei feliz de ler esse seu post! Nunca tinha visto alguém falar desse jeito, agora nunca tive tanta certeza de que é isso que eu quero. Não sei como te agradecer (: Obrigada mesmo

    1. Giovanna Saba disse:

      Magina! Eu adorei escrever sobre minha faculdade hehe
      Fico muito feliz em ter te ajudado. Boa sorte na carreira de jornalista 😉

  2. Léo Melo disse:

    Em meio a esse momento que vivo de pré-universitário, eu tinha vontade de saber mais sobre o curso – Jornalismo, que é minha primeira opção – e me nortear! Meu amigo me recomendou tua página, achei muito bacana. Eu mandei uma solicitação de amizade no facebook pra tirar algumas dúvidas e não ficar sendo chato com um monte de perguntas aqui haha Desde já, parabéns pelo belo trabalho e obrigado!!

    1. Giovanna Saba disse:

      Oi Léo! Fico feliz que gostou do post… me mande uma mensagem no Facebook que tirarei todas as suas dúvidas a respeito do curso de jornalismo.
      Volte sempre por aqui. Beijos.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s